Ave Luz

Alegra-te cheia de graça!

Assim como o silencio traduz a tranqüilidade a prece é a luz da verdade. Orar é conectar-se com a verdade da vida em consonância com o coração ainda iludido com as tisanas mal confeccionadas às pressas.

A prece é um remédio reconfortante aos corações cansados e cheios de dúvidas.

Quem ora dentro das profundezas do seu ser, enche-se de verdade e segurança com a luz que foi buscar no manancial sagrado do Cristo.

Quem ora se defende do mal e se enriquece de compreensão.

Oremos, portanto nas necessidades. Oremos na alegria, oremos na dor. Oremos com a mente interligada a alma, para que essa fonte de bem estar não se dissipe ao som da primeira queda. Buscar sempre esse paliativo sagrado dentro da fonte celestial e para dentro de si. Chamai o Cristo para lhes aconselhar. Buscai o Anjo maior da eternidade para lhes indicar o caminho, afinal ele está de braços abertos com toda a sua majestade para se encontrar com você pelas vias da sua alma.

Buscar renovar-se com a água sagrada da fonte de Deus, do Cristo, de Maria de Nazaré e entrar em meditação para se alinhar com este amor que jorra de todas as suas moradas celestiais. Buscar na alma a fonte maior de luz, porque ela se desdobra e pode ir além de todas as suas estruturas. Buscar essa conexão com todos os jardins de luz do universo e eles lhes acolherá e deixará sua alma leve, tranqüila e harmonizada consigo, com o universo e com o outro. Em bênçãos de agradecimentos, oremos sem precisar balbuciar palavras, e sim dentro da alma onde está a razão maior: A sua essência luminosa.


Um pregador da luz

http://fraternidadebranca-luzdanovaera.blogspot.com/

Canal: Francyska Almeida-080608-Fortaleza-Ceará


Exibições: 64

© 2017   Criado por Regina Maria.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço