Ave Luz

Alegra-te cheia de graça!

Na juventude andou desviado por muitos caminhos, e era dado a leitura de romances, festas e danças. Por outro lado, o jovem se sentiu chamado a consagrar-se totalmente a Deus, no sacerdócio ministerial. Mas vivia ‘um pé lá, outro cá’. Ou seja, nas noitadas e na oração e penitência.

Aos 18 anos, desiludido, desanimado e arrependido, entrou numa procissão onde tinha a imagem de Nossa Senhora. Em meio a tantos toques de Deus, ouviu uma voz serena, a voz da Virgem Maria, que dizia que aquele mundo não era para ele, e que Deus o queria na religião.

Obediente a Santíssima Virgem, na fé, entrou para a Congregação dos Padres Passionistas. Ali, na radicalidade ao Evangelho, mudou o nome para Gabriel, e de acordo também com a sua devoção a Nossa Senhora, chamou-se então: Gabriel da Dores.

Antes de entrar para a Congregação, já tinha a saúde fraca, e com apenas 23 anos partiu para a glória, deixando o rastro da radicalidade em Deus.

Em meios as dores, São Gabriel viveu o santo Evangelho.

São Gabriel das Dores, rogai por nós!

http://www.youtube.com/watch?v=n085IbYIqeI#t=231

Exibições: 812

Respostas a este tópico

Regina Maria ! que maravilhosa "coincidência" estas mensagens do dia de hoje,

de São GABRIEL DAS DORES e de nosso Santo Padre BEATO JOÃO PAULO II !

...MAIS UMA VEZ, OBRIGADO SENHOR ! por tudo !!! o Silvio Henrique

Grata Regina

Obrigada Regina por partilhar este lindíssimo testemunho sobre a vida de S. Gabriel das Dores.

Que S. Gabriel nos proteja e nos envolva na sua Luz.

Um abraço de Luz 

Obrigada, que São Gabriel das Dores nós proteja do mal. Amém.

RSS

© 2020   Criado por Regina Maria.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço