Ave Luz

Alegra-te cheia de graça!

É tempo de troca de perdão entre catolicos e evangélicos

Papa Francisco visita Igreja Evangélica na Itália e pede perdão pela perseguição

Papa Francisco é o 1º papa a visitar uma igreja evangélica pentecostal

Papa Francisco visita Igreja Evangélica na Itália e pede perdão pela perseguição

Papa Francisco visita Igreja Evangélica na Itália e pede perdão pela perseguição

O Papa Francisco pediu nesta segunda-feira (28 de julho 2014) perdão pelas perseguições cometidas pelos católicos aos pentecostais da Igreja Evangélica, durante viagem à cidade de Caserta (no sul da Itália) onde se reuniu com seu amigo e pastor evangélico Giovanni Traettino.

O Papa Francisco abraça o pastor evangélico Giovanni Traettino em visita a igreja de Caserta, na Itália

O Papa Francisco abraça o pastor evangélico Giovanni Traettino em visita a igreja de Caserta, na Itália

A visita já foi qualificada como histórica, pois é a primeira vez que um Papa viaja do Vaticano para se encontrar com um pastor protestante.

“Entre as pessoas que perseguiram os pentecostais também houve católicos: eu sou o pastor dos católicos e peço perdão por aqueles irmãos e irmãs católicos que não compreenderam e foram tentados pelo diabo”, afirmou o pontífice.

Francisco esteve em Caserta, em 26 de julho, para celebrar uma missa em honra à padroeira Santa Ana diante de 200 mil católicos.

Desta vez Francisco retornou para se reunir com a comunidade de pentecostais da cidade ao norte de Nápoles e com 350 protestantes vindos de todas as partes do mundo. Ele pediu que os cristãos se unam na diversidade.

“O Espírito Santo cria diversidade na Igreja. A diversidade é bela, mas o próprio Espírito Santo também cria unidade, para que a Igreja esteja unida na diversidade: para usar uma palavra bonita, uma diversidade reconciliadora”, assinalou.

O Papa Francisco cumprimenta fiel evangélica durante visita à Igreja Evangélica da Reconciliação

O Papa Francisco  cumprimenta fiel evangélica durante visita à Igreja Evangélica da Reconciliação

O Papa também pediu que os cristãos ajudem os mais fracos e os necessitados, e que caminhem ao lado de Deus.

“Não compreendo um cristão que está quieto, o cristão deve caminhar. Há cristãos que caminham ao lado de Jesus, mas em alguns momentos não caminham na presença de Jesus. Isto é porque são cristãos que confundem caminhar com andar, são errantes”, ponderou.

Após o ato, que durou cerca de hora e meia, o Papa almoçou com a comunidade, divulgou a Santa Sé em comunicado.

Francisco saiu esta manhã de helicóptero da Cidade do Vaticano e aterrissou em Caserta às 10h15 (05h15 de Brasília), no heliporto da Escola de Suboficiais da Aeronáutica Militar italiana no Palácio Real de Caserta e seguiu de carro até a casa do pastor.

Após esta conversa privada, os dois religiosos foram de carro à igreja evangélica da reconciliação de Caserta, onde alguns fiéis curiosos aguardavam a chegada do papa.

Francisco os cumprimentou antes de entrar na igreja, onde a reunião aconteceu longe das câmeras.

*Com informações G1

Líder evangélico segue o gesto do Papa Francisco e pede perdão pela discriminação contra católicos

Geoff Tunnicliffe, secretário geral da Aliança Evangélica Mundial, que reúne 600 milhões de fiéis protestantes, destacou a reunião do Papa Francisco com cristãos pentecostais em Caserta (Itália), e afirmou que os fiéis evangélicos também têm que reconhecer suas faltas e pedir perdão por ter discriminado os católicos.

“Reconheço que na história houve situações em que os protestantes, incluindo os evangélicos, cometeram atos de discriminação em relação aos cristãos católicos. Eu fico realmente muito triste com essas ações: na verdade, podemos não estar de acordo sobre a questão teológica, mas isso nunca deveria levar à discriminação e muito menos às perseguições. Devemos reconhecer todos os nossos pecados e nos pedir perdão uns aos outros. Parece-me que o Papa Francisco deu um grande exemplo”, manifestou Tunnicliffe à Rádio Vaticano.

O pastor evangélico afirmou que o passo dado pelo Papa ao pedir perdão “é um grande exemplo” e deve ser uma mensagem para todo mundo, em especial, para aqueles países onde existem tensões entre católicos e evangélicos.

Em sua visita a Caserta, o Papa Francisco teve uma reunião com seu amigo, o pastor pentecostal Giovanni Traettino e com duzentos fiéis pentecostais vindos dos Estados Unidos, Argentina e outros países.

Em seu discurso, Francisco fez um chamado à unidade dos cristãos e lamentou as divisões ocorridas no passado. Nesse sentido, pediu perdão pelas vezes que alguns católicos “perseguiram e denunciaram os irmãos pentecostais”.

“Eu sou o pastor dos católicos e peço perdão por aqueles irmãos e irmãs católicos que não compreenderam e foram tentados pelo diabo e fizeram o mesmo que os irmãos de José. Peço ao Senhor que nos dê a graça de reconhecer e de perdoar”, expressou.

Nesse sentido, o Santo Padre alentou os fiéis evangélicos a participarem do caminho da unidade.

“Nós estamos neste caminho da unidade, entre irmãos. Alguém estará surpreso: ‘O Papa foi visitar evangélicos!’ Foi encontrar irmãos! Sim! Porque, na verdade, foram eles que vieram primeiro me encontrar em Buenos Aires. E isso é um testemunho. Vieram e se aproximaram. E assim começou esta amizade, esta proximidade entre os pastores de Buenos Aires. E hoje aqui. Agradeço muito a vocês, peço que rezem por mim”, expressou.

 http://www.comshalom.org/lider-evangelico-segue-o-gesto-papa-franci...

Exibições: 242

Comentar

Você precisa ser um membro de Ave Luz para adicionar comentários!

Entrar em Ave Luz

Comentário de Fernanda Pereira de Moraes em 11 agosto 2014 às 11:19

Eu amo o Papa Francisco, ele é exemplo pra todos nós. Sem dúvida alguma ele é uma pessoa abençoada. Suas atitudes são exemplos de como devemos agir sem julgar, sem segregar as pessoas lembrando que todos somos irmãos e filhos de Deus, apesar das diferenças.

Comentário de maria de lourdes de farias lima em 9 agosto 2014 às 20:01

BOA 

          NOITE

                       MUITO LINDO  ESTE PAPA SANTO HOMEN

Comentário de Roberto Ferraz Silveira Junior em 9 agosto 2014 às 17:45

Muito Obrigado Regina!

Comentário de elem de paulo souza em 9 agosto 2014 às 15:36

Que coisa bonita!

Papa Francisco foi e é o enviado de Deus.

Bjs,

Élem

Comentário de Roseane Valle em 9 agosto 2014 às 14:29

Grata pela ótima postagem

© 2019   Criado por Regina Maria.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço