Ave Luz

Alegra-te cheia de graça!

Palestra da vidente Ivanka em 18 de março de 2010








Queridos amigos, primeiramente eu gostaria de cumprimentar todos vocês com a mais bela saudação: “Louvados sejam Jesus e Maria!”

Todos os dias, nestes 28 anos, eu me pergunto: “Nossa Senhora, porque você me escolheu ? Não tenho nada melhor ou pior do que as outras pessoas. Você me deu um enorme presente, mas, ao mesmo tempo, uma grande responsabilidade”. Eu simplesmente disse: “eu não posso fazer isto sozinha, mas com Você, sim”. Eu aceitei e estou caminhando neste caminho. Em 1981, eu era uma criança comum, como qualquer outra criança. Não era diferente de nenhuma maneira. Naquele tempo, minha família morava em Mostar, a 20 milhas de distância e a família de Mirjana em Sarajevo. Durante as férias nós vínhamos aqui em Medjugorje. Nós temos o costume que nos dias de festa e nos domingos nós não trabalhávamos. Em 24 de junho de 1981 era a festa de São João Batista. Após a Missa, nós crianças estávamos completamente livres. Naquela tarde, eu e Mirjana fomos para fora do vilarejo para caminhar, esperando outras crianças também virem. Eu não sabia por quanto tempo ficaríamos ali, mas nós estávamos ficando cansadas e estávamos caminhando em direção às casas. Quando estávamos voltando para a vila, algo atraiu a minha atenção para olhar em direção a colina das aparições. Quando olhei lá para o alto, vi a Mãe de Deus. Então eu disse a Mirjana: “Olhe ali, é Nossa Senhora!” Mirjana não se virou para olhar porque me disse: “Que coisa tola você está falando”. Então eu não podia dizer porque, mas caminhei. Quando chegamos nas primeiras casas, encontramos Milka, a irmã de Marija. Quando ela nos viu, ela disse: “O que aconteceu ?” Voltando com ela, eu disse o que vi. Quando nós voltamos para o local, nós duas A vimos. Nossa Senhora estava a 500 ou 600 metros de nós e estava nos chamando com Sua Mão. Eu digo que todas as emoções estavam misturadas mas o que prevalecia era o medo.

Neste meio tempo, Vicka se juntou a nós e ela estava confusa sobre o que estava acontecendo conosco. Ela disse: “O que vocês estão fazendo, o que está acontecendo ?” Nós dissemos: “Apressa-te Vicka, nós estamos vendo Nossa Senhora!”. Quando nós dissemos isto, ela tirou suas sandálias e correu de volta para casa. Então nós encontramos dois garotos, os dois com nomes de Ivan e ela disse a eles o que nós estávamos vendo, e eles A viram também igual a nós. Embora estivessem a maioria de nós presentes ali, nós não tivemos coragem de subir a colina das aparições. Eu não sei quanto tempo nós esperamos ali. Alguns voltaram para casa, mas alguns de nós fomos para a primeira casa da vila. Nós estávamos chorando e com medo e dissemos: nós vimos Nossa Senhora. Me lembro que tinham algumas maçãs em cima da mesa e as pessoas da casa nos jogaram as maçãs. Eles disseram: “Vão para casa. Não brinquem com isto. Não é possível. Não brinquem com Deus. Não digam isto novamente a ninguém”. Eu voltei para casa, e disse a minha avó o que tinha visto. Meu irmão e irmã achavam engraçado cada palavra que eu dizia sobre isto. Minha avó me disse: “Minha querida criança, isto é impossível, deve ter alguém lá em cima da colina guardando as ovelhas, uma pastora”. Até àquele momento, eu não sabia que Ela podia aparecer ou que Ela tinha aparecido antes. Eu diria que esta foi a noite mais longa da minha vida. Eu questionava a mim mesma, se eu A estava vendo mesmo, se eu estava louca, Eu realmente A vi ?

Mas a tarde do dia seguinte, a história se espalhou para as outras vilas e locais próximos. Então, no outro dia, nós voltamos ao mesmo local. Eu me lembro de minha avó segurando a minha mão e dizendo: “não importa o que está lá, não vá!”. Mas, quando nós vimos a luz por três vezes, os seis videntes subimos rapidamente a colina das aparições e ninguém foi capaz de nos apanhar. Mas quando nós nos aproximamos de Nossa Senhora, meus olhos nunca viram nada mais bonito do que Ela. Uma jovem de 19 ou 20 anos. Tinha um vestido cinza e um véu branco com uma coroa de estrelas. Tem os olhos azuis e cabelos pretos, e Ela flutuava em uma nuvem. Que sentimento, que amor; eu desejo que cada pessoa no mundo possa sentir isto. Simplesmente, não existem palavras no mundo para explicar isto. Naquele momento eu soube que era a Mãe de Deus. Deus me deu esta graça. Fui a primeira a ver Nossa Senhora e a primeira a falar com Ela. Dois meses antes da primeira aparição, minha mãe tinha falecido. Perguntei à Nossa Senhora: “Onde está minha mãe ?”. Nossa Senhora sorriu e me disse: “Ela está Comigo”. Ela olhou para os seis videntes e disse: “Não tenham medo, Eu estarei sempre com vocês.”

Neste meio tempo, muitas pessoas vieram, e viram que algo acontecia conosco. No terceiro dia, antes de nós irmos para a colina, nos deram água benta e nos disseram para jogá-la na visão. Quando Nossa Senhora veio, Vicka jogou a água benta nela e disse: “Se você for de Deus permaneça conosco, senão é melhor ir embora”. Nossa Senhora sorriu para nós e Ela nos disse: “Eu sou a Rainha da Paz”. A primeira mensagem que Ela nos deu foi uma mensagem de paz. Nós podemos alcançar a paz através da oração, jejum, conversão e penitência. Desde o primeiro dia até o dia de hoje, estas são as mensagens mais importantes de Nossa Senhora. Eu sempre digo que, aqueles que vivem estas mensagens, serão capazes de encontrar a resposta para tudo o que perguntam. Como Nossa Senhora nos disse no primeiro dia, nós não devemos ter medo de nada.

Então os problemas começaram a acontecer. Mas tudo estava bem porque Ela está conosco. As primeiras dificuldades que tivemos foram com nossos padres porque eles não acreditavam. Eles nos interrogaram. Então nós fomos levados a médicos, psicólogos, psiquiatras e eles nos amedrontaram com muitas coisas – os problemas políticos no comunismo. Mas desde o primeiro momento até hoje, posso lhes dizer que tudo foi pela Graça de Deus. Eu sempre digo que uma pessoa normal não seria capaz de suportar tudo isto sem a intervenção divina, sem Nossa Senhora.

Até 1985, eu recebi as aparições diariamente. Em todos estes anos, Nossa Senhora me contou sobre a Sua vida, sobre o futuro da Igreja e sobre o futuro do mundo. Eu escrevi sobre tudo isto. Em 7 de maio de 1985, aconteceu a minha ultima aparição diária. Nossa Senhora permaneceu comigo por uma hora. Então Nossa Senhora me revelou o décimo segredo. Ela me disse que não A veria diariamente de novo. Desde aquele dia até hoje eu tenho uma aparição anual. Em 25 de junho de 1985, Nossa Senhora me deu um grande, grande presente para mim. Para mim, mas também para o mundo inteiro, porque cada pessoa no mundo se pergunta: “Existe uma vida após esta ?” Aqui eu estou em frente a vocês como testemunha viva que esta outra vida existe. Durante a aparição de 25 de junho de 1985, fui capaz de ver minha mãe do mesmo modo que vejo vocês agora. Ela me abraçou e me disse: “Minha filha, estou orgulhosa de você”.

A cada novo dia Nossa Senhora nos convida, Ela está nos abraçando e Ela repete as palavras: “Queridos filhos”. Ela está nos mostrando o caminho que nós devemos tomar. É nossa responsabilidade se queremos aceitar este caminho de paz, conversão. Nós, pessoas no mundo, tenhamos consciência do fato que o Céu está aberto para nós a cada dia, mas nós simplesmente temos que agir. Quando tudo vai bem na vida. Nós não queremos saber de Deus, mas quando as cruzes vêm então nós dizemos: “Deus onde está você?”. Ele está sempre conosco, mas é importante que abramos os nossos corações. Nos primeiros dias, Nossa Senhora nos convidou a rezarmos diariamente, rezar o Creio, 7 Pai-Nossos, 7 Ave-Marias e 7 Glórias. Então Ela nos convidou a rezarmos um terço diariamente. Então nós jejuávamos um dia na semana, nas sextas-feiras. Depois Ela nos convidou a rezar mais um terço e depois o terceiro terço diariamente. Por isto Nossa Senhora disse que com a oração e o jejum seremos capazes até de pararmos a guerra. E todos os problemas e dificuldades que enfrentarmos, nós seremos capazes de suportar mais facilmente com oração e jejum.

Simplesmente Nossa Senhora não quer nos deixar. Ela deseja nos ajudar e nos guiar. Mas eu repito novamente, Ela espera por nós que abramos os nossos corações. Todos nós, os seis videntes, nós temos as nossas próprias missões. Alguns rezam pelos sacerdotes, pelos que não conheceram ainda o Amor de Deus, alguns pelos doentes, pelos jovens, e Nossa Senhora me convidou a rezar pelas famílias. Nossa Senhora pede que respeitemos o Sacramento do Matrimônio, que renovemos a nossa oração em família, que participemos da Santa Missa aos domingos, que nos confessemos uma vez ao mês e o mais importante é colocarmos a Bíblia no centro de nossas famílias. A cada dia eu rezo pelas famílias. Mas eu peço a vocês que rezem por nós e por nossas famílias.

Desejo agradecer a vocês pelo desejo de ouvir as mensagens de Nossa Senhora. Gostaria de agradecer a vocês mais uma vez se vocês decidirem carregar em seus corações as mensagens de Nossa Senhora com vocês e as espalhar e ser testemunhas delas em sua própria vida. Porque Medjugorje não é só aqui, mas é onde você espalha a mensagem de Nossa Senhora. As principais mensagens são Paz, Arrependimento, Conversão e Jejum. Rezem por nós e nós iremos rezar por vocês. Obrigada.



Traduzido por Gabriel Paulino

Fonte: http://www.medjugorje.com/medjugorje-today/medjugorje-witness/810-i...

http://www.medjugorjebrasil.com/?cat=artigos&id=629

Exibições: 159

Comentar

Você precisa ser um membro de Ave Luz para adicionar comentários!

Entrar em Ave Luz

© 2019   Criado por Regina Maria.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço