Ave Luz

Alegra-te cheia de graça!

Papa Francisco

Nascido em Buenos Aires, em 1936, Bergoglio é filho de um ferroviário que emigrou de Turim, na Itália, para a Argentina, onde teve cinco filhos. O plano original do cardeal era ser químico, mas, em vez disso, ele ingressou em 1958 na Companhia de Jesus para começar os estudos preparatórios para a ordenação sacerdotal. Passou boa parte do início da carreira lecionando Literatura, Psicologia e Filosofia, e muito cedo era visto como uma estrela em ascensão. De 1973 a 1979 foi provincial dos jesuítas na Argentina.

Depois disso, em 1980, tornou-se o reitor do seminário no qual havia se formado. Eram os anos do regime militar na Argentina, quando muitos sacerdotes, incluindo líderes jesuítas, gravitavam em torno do movimento progressista da Teologia da Libertação. Como provincial jesuíta, Bergoglio insistiu em um mergulho mais profundo na tradição espiritual de Santo Inácio de Loyola, ordenando que os jesuítas continuassem seu trabalho nas paróquias e atuassem como vigários em vez de se meterem em “comunidades de base” e ativismo político.

Embora os jesuítas sejam, em geral, desencorajados de receber honrarias eclesiásticas, especialmente fora de seus países, Bergoglio foi nomeado bispo auxiliar de Buenos Aires em 1992, e depois sucedeu o adoentado cardeal Antonio Quarracino, em 1998. João Paulo II fez Bergoglio cardeal em 2001, designando-lhe a igreja romana que leva o nome do lendário jesuíta São Roberto Belarmino.

Ao longo dos anos, Bergoglio se aproximou tanto do movimento Comunhão e Liberação, fundado pelo padre italiano Luigi Giussani, que às vezes discursava no grande encontro anual do grupo, em Rimini, na Itália. Ele também chegou a divulgar os livros de Giussani em feiras literárias na Argentina. Isso acabou gerando consternação entre os jesuítas, uma vez que os ciellini, como são chamados os adeptos do movimento, já eram vistos com os principais opositores do colega jesuíta de Bergoglio em Milão, o cardeal Carlo Maria Martini. Por outro lado, isso tudo é parte do apelo de Bergoglio, um homem que pessoalmente se divide entre os jesuítas e os ciellini e, em maior escala, entre os reformistas e os ortodoxos da Igreja.

Bergoglio apoiou o ethos de justiça social do catolicismo latino-americano, inclusive com robusta defesa dos pobres. “Vivemos na parte mais desigual do mundo, que tem crescido muito, mas que pouco tem feito para reduzir a miséria”, afirmou ele durante um encontro do episcopado latino-americano em 2007. “A injusta distribuição de renda persiste, criando uma situação de pecado social que clama aos céus e que limita as possibilidades de uma vida plena para muitos de nossos irmãos.” Ao mesmo tempo, ele tende mais a se empenhar pelo crescimento em graça pessoal do que por reformas estruturais.

Bergoglio é visto como um ortodoxo inflexível em matéria de moral sexual e como convicto opositor do aborto, da união homossexual e da contracepção. Em 2010 ele afirmou que a adoção de crianças por gays é uma forma de discriminação contra as crianças, o que lhe valeu uma reprimenda pública por parte da presidente argentina Cristina Kirchner. Ao mesmo tempo, ele demonstra sempre profunda compaixão pelas vítimas da aids; em 2001, por exemplo, visitou um sanatório para lavar e beijar os pés de 12 pacientes soropositivos.

Bergoglio também marca pontos por sua apaixonada reposta ao atentado a bomba ocorrido em 1994 no prédio de sete andares que abrigava a Associação Mutual Israelita Argentina, em Buenos Aires. Foi um dos maiores ataques a alvos judeus já registrados na América Latina e, em 2005, o rabino Joseph Ehrenkranz, do Centro para a Compreensão Judaico-Cristã, ligado à Universidade do Sagrado Coração em Fairfield, no estado norte-americano de Connecticut, louvou a liderança de Bergoglio para superar a dor do episódio. “Ele estava muito preocupado com o que havia ocorrido”, disse Ehrenkranz. “Tinha vivido a experiência.”

Bergoglio pode ser fundamentalmente conservador em muitas questões, mas não é um defensor dos privilégios do clero ou um homem insensível às realidades pastorais. Em setembro de 2012, ele disparou um ataque contra os padres que se negavam a batizar crianças nascidas fora do casamento, classificando a recusa como uma forma de “neoclericalismo rigoroso e hipócrita”.

http://www.gazetadopovo.com.br/mundo/sucessao-do-papa/conteudo.phtm...

FRANCISCO

Escolha de nome será primeira mensagem do novo papa

Nome que remonta aos papas modernos seria um sinal imediato que o novo líder quer dar continuidade ao papado ao qual o nome se refere.

E todos sabemos quem é São Francisco!

FRANCISCUS

13 de março de 2013

 

Annuntio vobis gaudium magnum;
habemus Papam:

Eminentissimum ac Reverendissimum Dominum,
Dominum Georgium Marium
Sanctae Romanae Ecclesiae Cardinalem Bergoglio
qui sibi nomen imposuit Franciscum

Franciscus

Felicitações ao Santo Padre

Eventos ao vivo - Centro Televisivo Vaticano

Galeria fotográfica - Vídeo

Bênção Apostólica "Urbi et Orbi":

Irmãos e irmãs, boa-noite!

Vós sabeis que o dever do Conclave era dar um Bispo a Roma. Parece que os meus irmãos Cardeais tenham ido buscá-lo quase ao fim do mundo… Eis-me aqui! Agradeço-vos o acolhimento: a comunidade diocesana de Roma tem o seu Bispo. Obrigado! E, antes de mais nada, quero fazer uma oração pelo nosso Bispo emérito Bento XVI. Rezemos todos juntos por ele, para que o Senhor o abençoe e Nossa Senhora o guarde.

[Recitação do Pai Nosso, Ave Maria e Glória ao Pai]

E agora iniciamos este caminho, Bispo e povo... este caminho da Igreja de Roma, que é aquela que preside a todas as Igrejas na caridade. Um caminho de fraternidade, de amor, de confiança entre nós. Rezemos sempre uns pelos outros. Rezemos por todo o mundo, para que haja uma grande fraternidade. Espero que este caminho de Igreja, que hoje começamos e no qual me ajudará o meu Cardeal Vigário, aqui presente, seja frutuoso para a evangelização desta cidade tão bela!

E agora quero dar a Bênção, mas antes… antes, peço-vos um favor: antes de o Bispo abençoar o povo, peço-vos que rezeis ao Senhor para que me abençoe a mim; é a oração do povo, pedindo a Bênção para o seu Bispo. Façamos em silêncio esta oração vossa por mim.

[…]

Agora dar-vos-ei a Bênção, a vós e a todo o mundo, a todos os homens e mulheres de boa vontade.

[Bênção]

Irmãos e irmãs, tenho de vos deixar. Muito obrigado pelo acolhimento! Rezai por mim e até breve! Ver-nos-emos em breve: amanhã quero ir rezar aos pés de Nossa Senhora, para que guarde Roma inteira. Boa noite e bom descanso!

 

Exibições: 555

Comentar

Você precisa ser um membro de Ave Luz para adicionar comentários!

Entrar em Ave Luz

Comentário de MARIA ELISA em 17 março 2013 às 7:40

QUE O PAPA FRANCISCO NOS ORIENTE PAR UM CAMINHO SANTO E PURO JUNTO AOS ANJOS.QUE DEUS O PROTEJA.

Comentário de Inocencio Francisco Kroetz em 14 março 2013 às 7:06

Obrigado Fada - tomara que Ele reforme o que for necessário. Que Deus nos proteja - Namastê

Comentário de Regina Celia Palopole em 13 março 2013 às 22:54

OBRIGADA POR COMPARTILHAR. MUITA LUZ A TODOS.

Comentário de rosimeire sirqueira doss santos em 13 março 2013 às 22:09

grata pelo esclarecimento

Comentário de Maria Manuela em 13 março 2013 às 19:01

Obrigada. Fico muito contente por ter colocado ao nosso dispor toda a informação sobre o novo Papa...

À primeira vista, gostei dele. Esperemos que seja uma pessoa íntegra e que consiga renovar a igreja...

Recebi hoje a Medalha  e a oração da Sagrada Face, Os meus sinceros agradecimentos.

Que Deus a abençoe...

Comentário de Maria Aparecida Ricardo em 13 março 2013 às 18:16

Fada San é aquela que mostra Jesus pra nós! Mensageira de Nossa Senhora! Obrigada por me mostrar o verdadeiro caminho, por me ensinar a rezar o terço da Divina Misericórdia. Por tanta Graça e Luz na minha vida! Salve Cristo!

Comentário de Mônica de Oliveira Santos Avelar em 13 março 2013 às 17:19

Oremos à Maria Santíssima para que o novo Papa consiga restaurar a Moral da nossa igreja.

Sê bem vindo Papa Francisco.

Grata pela partilha.

Mônica de BH/MG

Comentário de Juli em 13 março 2013 às 17:11

OBRIGADA FADINHA.

UM BEIJINHO DE CORAÇÃO. 

Comentário de Maria Amélia Condeço Ameixoeira em 13 março 2013 às 16:50

É esse dom sobrenatural que Deus lhe deu. Seja muito abençoada.

Comentário de Regina Maria em 13 março 2013 às 16:45

Maria Amélia...um pouco antes, quando vi entre a multidão a bandeira Argentina eu disse: "só falta o Papa ser Argentino e tomar o nome de Francisco!" rss

© 2019   Criado por Regina Maria.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço