Ave Luz

Alegra-te cheia de graça!

Presépios de Natal desde o século XIII
Foi São Francisco de Assis quem iniciou o costume de fazer presépios de Natal, no século XIII. Os figurantes (o Menino Jesus numa manjedoura, Nossa Senhora, São José, os Reis Magos, os pastores e os anjos) eram representados por habitantes da aldeia. Os animais, o boi, o burrico, as ovelhas e outros, também eram reais. Os primeiros presépios em escala reduzida com imagenzinhas, entraram nas igrejas no século XVI por obra dos padres jesuítas. Por volta dos séculos XV e XVI ficaram famosos os presépios de Nápoles, Itália, pela proliferação de figurinhas. É costume colocar uma estrela no topo do presépio. Ela nos lembra a estrela que no céu guiou os três santos reis de Oriente vindos venerar o Salvador do mundo. Os três Reis Magos (Gaspar, Melchior e Baltazar), simbolizam o conjunto dos povos da terra. Em geral, são representados com camelos, ou até elefantes e dromedários que lhes teriam servido de montaria. O presépio é um dos símbolos mais marcantes do Natal.

Exibições: 6

Comentar

Você precisa ser um membro de Ave Luz para adicionar comentários!

Entrar em Ave Luz

© 2018   Criado por Regina Maria.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço