Ave Luz

Alegra-te cheia de graça!

A intercessão de Maria é tão poderosa que merece o título de Onipotência Suplicante.

A Onipotência Suplicante de Maria

A intercessão de Maria é tão poderosa que merece o título de Onipotência Suplicante. Maria tudo alcança pela sua intercessão. Ela sabe como pedir a Jesus. A sua intercessão deve ser pedida por todas as pessoas e em todos os lugares. Quem quiser vitórias em sua vida pode estar certo que não há meio mais fácil do que confiar no poder da intercessão de Maria Santíssima. São Luís Maria Grignion de Montfort nos ensina:
“O Pai não deu nem dá seu Filho senão por Ela, não suscita novos filhos senão por Ela, e não comunica as suas graças senão por Ela. Deus Filho não foi formado para todos em geral senão por Ela; não é formado e gerado todos os dias(nas almas), em união com o Espírito Santo , e não comunica os Seus méritos e virtudes, a não ser por Ela. O Espírito Santo não formou Jesus Cristo senão por meio d’Ela, e não forma os membros do seu Corpo Místico, a não ser por Ela; não dispensa os Seus dons e favores senão por Ela.”
  
A intercessão de Maria é eficaz para que o nosso pedido seja atendido. São Bernardo os ensina que: “Se tu não mereces a graça solicitada a Deus, bem a merece Maria que ela se empenhará”. A intercessão de Maria é poderosa, pois Ela é olhada com graça diante de Deus.
Pedir a intercessão de Maria é um gesto de obediência à Deus, pois Ele quer que peçamos a Maria aquilo que precisamos. Foi Jesus quem consagrou a humanidade à maternidade de Maria. A palavra nos fala que:
“Quando Jesus viu sua mãe e perto dela o discípulo que amava, disse à sua mãe: Mulher, eis aí teu filho. Depois disse ao discípulo: Eis aí tua mãe. E dessa hora em diante o discípulo a levou para a sua casa.”(João 19, 26-27).
            Quem não obedece a ordem de Jesus(acolher a maternidade de Maria) não pode realmente ser um fiel cristão. O filho pede tudo o que precisa para a Mãe. Da mesma forma, devemos pedir tudo o que necessitarmos para Maria, pois sua intercessão é poderosa. Foi Jesus quem pediu para que João acolhesse Maria e também que Maria o recebesse como filho. Assim também, Ele quer que recebamos a maternidade de Maria em nosso coração. Amar Jesus é fazer a sua vontade e fazer a Sua vontade é pedir a intercessão de Maria sempre.
O papa João Paulo II nos ensina: “Afirmando que Maria é «para nós mãe na ordem da graça», o Concílio põe em relevo que a sua maternidade espiritual não se limita só aos discípulos, como se se devesse interpretar em sentido restritivo a frase pronunciada por Jesus no Calvário: «Mulher, eis aí o teu filho» (Jo 19, 26). Com essas palavras, com efeito, o Crucificado, estabelecendo uma relação de intimidade entre Maria e o discípulo predileto, figura-modelo em escala universal, queria oferecer a Sua mãe como mãe a todos os homens.
Maria intercede como mãe. Ela sabe exatamente o que é bom para cada filho e só pedirá a Jesus aquele pedido que estiver unido à Sua Vontade. Maria indica sempre o caminho a seguir. Por isso, sempre que quisermos encontrar o Cristo precisamos do auxílio de Maria Santíssima. A vida de Maria é uma bussola que nos leva sempre até Jesus. Maria é um modelo perfeito de virtudes e podemos aprender com Ela a seguir fielmente o caminho de Cristo. Acolha Maria em sua vida e certamente encontrará Jesus. Através de sua intercessão estamos certos que não nos perderemos em nossa caminhada. Também é valiosa a ajuda dos santos, pois a intercessão deles será preciosíssima para que sejamos não apenas servos, mas mais do que isto: amigos de Jesus. 
Pedir a intercessão de Maria Santíssima é cumprir os mandamentos de Deus. Quem quer ser perfeito no cumprimento da lei de Deus precisa honrar Maria. Para obedecermos fielmente ao 4º mandamento(honrar pai e mãe) nós precisamos exaltar Maria e honrá-la com uma vida santa. Aquele que diz amar os mandamentos de Deus precisa lembrar que amar Maria é essencial, pois só poderemos dizer que amamos a Deus sobre todas as coisas se dedicarmos atenção especial à sua Mãe e só poderemos cumprir o quarto mandamento se honrarmos nossa Mãe querida(Maria Santíssima) com uma vida santa e confiarmos em sua doce  intercessão.
São Luís Grignion de Montfort nos ensina sobre a importância da intercessão de Maria. Vejamos:

“É tão caridosa que não repele nenhum dos que pedem a sua intercessão, por mais pecador que seja. Pois, como dizem os santos, desde que o mundo é mundo, nunca se ouviu dizer que alguém que tenha recorrido à Santíssima Virgem, com confiança e perseverança, tenha sido por Ela desamparado. Ela é tão poderosa que nunca foi desatendida nas suas súplicas.  Basta que se apresente diante de seu Filho para lhe pedir alguma coisa: Ele imediatamente a atende e acolhe, amorosamente vencido pelas orações de sua querida Mãe.”  

A palavra de Deus é clara: “A oração do humilde penetra as nuvens; ele não se consolará, enquanto ela não chegar (a Deus), e não se afastará, enquanto o Altíssimo não puser nela os olhos.” (Eclesiástico 35, 21) Quando pedimos a intercessão de Maria temos a certeza que o nosso pedido chegará com doçura à presença de Deus e também com perfeita humildade. Maria não se cansará de rogar por nós até que consigamos aquilo que tanto precisamos para sermos mais próximos de Cristo. O pedido de Maria é tão cheio de doçura e de humildade que Jesus está sempre disposto a Lhe atender, por isso Maria pede sempre aquilo que está conforme a vontade de Deus.  

É diferente pedir a Deus por nós mesmos e por meio de Maria tal como é diferente um bandido pedir algo ao juiz e a mãe deste lhe pedir o mesmo favor. O juiz sempre ouvirá sua querida mãe e buscará atender o seu pedido. Sendo assim, precisamos reconhecer uma coisa: nós precisamos de Maria. Sem Ela nós nos apresentamos como um bandido(por causa do pecado) na presença do justo juiz(Deus), mas quando a Imaculada(Maria Santíssima) vai à frente temos a certeza que o nosso pedido será acolhido com agrado diante de Deus. É certo que Jesus é misericordioso e mesmo que nós tenhamos muitos pecados podemos pedir diretamente a Ele, mas é muito mais humildade e sábio confiar à Maria aquilo que precisamos, pois Deus assim o quer. Por isso, peça sempre a intercessão da Santa Mãe de Deus.
Fonte: A verdadeira devoção à Sagrada Família. Fernando Dalvi Norbim. Palavra de Esperança. 2013. 

Exibições: 1934

Comentar

Você precisa ser um membro de Ave Luz para adicionar comentários!

Entrar em Ave Luz

Comentário de Ivone ten Caten Gonzales em 7 fevereiro 2014 às 13:55

Salve minha rainha...sempre cheia de graça...obrigada por estar sempre na minha cola.

Comentário de Sueli Stutz Pereira em 6 fevereiro 2014 às 21:01

SANTA MARIA MÃE DE DEUS,ROGAI POR NOS!

Comentário de Juli em 6 fevereiro 2014 às 18:00

Comentário de Regina Coeli Coutinho em 6 fevereiro 2014 às 16:50

Vinde Espírito Santo,Vinde por meio da Poderosa Intercessão do Imaculado Coração de Maria e do Poder do Sacratíssimo Coração de Jesus,avivar a nossa alma para que sejamos servos fervorosos e dignos de testemunhar o Senhorio de Jesus em nossas vidas

Comentário de Roberto Ferraz Silveira Junior em 6 fevereiro 2014 às 13:41

Muito Obrigado Fada!

Comentário de Maria das Candeias Freitas Marti em 6 fevereiro 2014 às 11:40

Nossa Senhora é a Virgem Santíssima, a Onipotência Suplicante, Rainha dos Anjos, a Senhora da Paz, Mãe de Deus e nossa, de beleza singular, Modelo de simplicidade, humildade, Mulher de oração que guardava tudo em silêncio, nossa maior intercessora e que nos ama com amor eterno e carinhoso. Por tudo isso e por muito mais diria que ela é a MÃE das mães, é a estrela da evangelização. E, por fim, veja essa oração belíssima de São Bernardo de Claraval:

“E o nome  da Virgem era Maria (Lc. 1, 27).
        Ó tu, quem quer que sejas, que te sentes longe da terra firme, arrastado pelas ondas deste mundo, no meio das borrascas e tempestades, se não queres soçobrar, não tires os olhos da luz desta estrela.
Se o vento das tentações se levanta, se o escolho das tribulações se interpõe em teu caminho, olha a estrela, invoca Maria.
Se és balouçado pelas vagas do orgulho, da ambição, da maledicência, da inveja, olha a estrela, invoca Maria.
Se a cólera, a avareza, os desejos impuros sacodem a frágil embarcação de tua alma, levanta os olhos para Maria.
Se, perturbado pela lembrança da enormidade de teus crimes, confuso à vista das torpezas de tua consciência, aterrorizado pelo medo do Juízo, começas a te deixar arrastar pelo turbilhão da tristeza, a despenhar no abismo do desespero, pensa em Maria.
Nos perigos, nas angústias, nas dúvidas, pensa em Maria, invoca Maria.
Que seu nome nunca se afaste de teus lábios, jamais abandone teu coração; e para alcançar o socorro da intercessão dEla, não negligencies os exemplos de sua vida.
        Seguindo‑A, não te transviarás; rezando a Ela, não desesperarás; pensando nEla, evitarás todo erro.
Se Ela te sustenta, não cairás; se Ela te protege, nada terás a temer; se Ela te conduz, não te cansarás; se Ela te é favorável, alcançarás o fim.
E assim verificarás, por tua própria experiência, com quanta razão foi dito: “E o nome da Virgem era Maria”.
Comentário de Angela dos Santos em 6 fevereiro 2014 às 11:14

Namastê!

Comentário de Roseane Valle em 6 fevereiro 2014 às 7:55

Que lindo! Salve Maria Nossa Mãe Santíssima!!

© 2020   Criado por Regina Maria.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço