Ave Luz

Alegra-te cheia de graça!

A MARAVILHOSA OBRA DE RECONCILIAÇÃO DE DEUS PARA COM TODOS OS SERES HUMANOS

A MARAVILHOSA OBRA DE RECONCILIAÇÃO DE DEUS

PARA COM TODOS OS SERES HUMANOS

 

 

“ «Tudo isto é obra do Senhor, é maravilhosa aos nossos olhos»

 

«Cristo confiou-nos o ministério da reconciliação» (2Cor 5,18). São Paulo faz ressaltar assim a grandeza dos apóstolos, mostrando-nos que ministério nos foi confiado e, simultaneamente, manifestando o tipo de amor com que Deus nos amou. Depois de os homens se terem recusado a escutar Aquele que Ele lhes tinha enviado, Deus não fez estalar a sua cólera, nem os rejeitou, antes persiste em os chamar, por Si mesmo e através dos apóstolos. Quem poderá deixar de admirar semelhante solicitude?

 

Silenciaram o Filho, que veio para os reconciliar, o Filho único da mesma natureza do Pai. Mas o Pai não Se afastou dos assassinos, nem disse: «Enviei-lhes o meu Filho e, além de não O escutarem, entregaram-No à morte e crucificaram-No; de agora em diante é justo que Eu os abandone.» Fez o contrário: quando Cristo deixou este mundo, nós, os seus ministros, ficámos encarregados de O substituir. «Pois foi Deus quem reconciliou o mundo consigo, em Cristo, não imputando aos homens os seus pecados, e pondo em nós a palavra da reconciliação» (v. 19).

 

Este amor ultrapassa toda a palavra e toda a inteligência! Quem fora insultado? Ele mesmo, Deus. Quem deu o primeiro passo para a reconciliação? Foi Ele. […] Com efeito, se Deus tivesse querido pedir-nos contas, estaríamos perdidos, visto que «todos estávamos mortos» (cf 2Cor 5,14). Apesar do grande número dos nossos pecados, Ele não nos atingiu com a sua vingança mas, mais uma vez, reconciliou-Se conosco; não satisfeito em ter revogado a nossa dívida, considerou-a como nada. Assim devemos nós perdoar aos nossos inimigos, se quisermos obter para nós este perdão magnânimo: «Ele confiou-nos o ministério da reconciliação».”

 

(Homilia 11 sobre a 2ª Carta aos Coríntios, 2-3 - Presbítero de Antioquia, Bispo de Constantinopla, Doutor da Igreja )

 

 

COMENTÁRIOS DO PAPA FRANCISCO EM RELAÇÃO ÀS LEITURAS  DO DIA 05 DE OUTUBRO DE 2014:

 

“Comentando as leituras do dia, a imagem da vinha do Senhor inspirou a homilia do Santo Padre, por representar o projeto de Deus para a humanidade.

 

O “sonho” do Senhor é o seu povo: Ele plantou-o e cultiva-o, com amor paciente e fiel, para se tornar um povo santo, um povo que produza muitos e bons frutos de justiça.

 

Mas tanto na antiga profecia como na parábola de Jesus, o sonho de Deus fica frustrado, pois a ganância e a soberba dos agricultores, aos quais a vinha foi confiada, impediram-lhes de cultivá-la.

 

“A tentação da ganância está sempre presente”, constatou o Papa. "A ganância de poder e de dinheiro." E os agricultores arruínam o projeto do Senhor pois não trabalham para Ele, mas só para os seus interesses, "carregando sobre os ombros do povo pesos insuportáveis". Quando, na verdade, a tarefa dos líderes do povo é cultivar a vinha com liberdade, criatividade e diligência.

 

“Também nós somos chamados a trabalhar para a vinha do Senhor, no Sínodo dos Bispos”, disse Francisco, recordando que as assembleias sinodais não servem para discutir “ideias bonitas e originais, nem para ver quem é mais inteligente… Servem para cultivar e guardar melhor a vinha do Senhor, para cooperar no seu sonho, no seu projeto de amor a respeito do seu povo. Neste caso, o Senhor pede-nos para cuidarmos da família, que, desde os primórdios, é parte integrante do desígnio de amor que ele tem para a humanidade”.

 

Todavia, advertiu o Papa, há sempre um risco à espreita, ou seja, de que a ganância e a hipocrisia deixem que alguns servidores de Deus caiam na tentação de se apoderar de sua vinha. Para não frustrar o sonho do Senhor, é preciso se deixar guiar pelo Espírito Santo, que dá a sabedoria e a capacidade de trabalhar com liberdade e criatividade.

 

“Irmãos sinodais, para cultivar e guardar bem a vinha, é preciso que os nossos corações e as nossas mentes sejam guardados em Cristo Jesus pela «paz de Deus que ultrapassa toda a inteligência», como diz São Paulo. Assim, os nossos pensamentos e os nossos projetos estarão de acordo com o sonho de Deus: formar para Si um povo santo que Lhe pertença e produza os frutos do Reino de Deus”, concluiu o Pontífice.”

 

 

Texto proveniente da página:

http://pt.radiovaticana.va/news/2014/10/05/papa_inaugura_o_s%C3%ADn...

do site da Rádio Vaticano

 

 

VÍDEOS:

 

https://www.youtube.com/watch?v=6sAlVUzcY0A

 

https://www.youtube.com/watch?v=RZYFnHCP2xA

Exibições: 93

Comentar

Você precisa ser um membro de Ave Luz para adicionar comentários!

Entrar em Ave Luz

© 2020   Criado por Regina Maria.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço