Ave Luz

Alegra-te cheia de graça!

Meu céu é de sentir em mim a semelhança

Do Deus que me criou de seu sopro poderoso;

Meu céu é de ficar sempre em sua Presença,

De chamá-lo meu Pai e de ser sua criança;

Entre seus braços divinos eu não temo a trovoada...

O total abandono, eis minha única lei !

Adormecer sobre seu Coração, bem perto de seu Rosto,

Eis meu céu a mim !

Meu céu, eu o encontrei na Trindade santa

Que reside em meu coração, prisioneira de amor.

Aí, contemplando meu Deus, eu lhe repito sem temor

Que eu quero servi-lo e amá-lo para sempre.

Meu céu é sorrir a este Deus que adoro,

Quando ele quer se ocultar para testar minha fé;

Sorrir, esperando que ele me olhe outra vez,

Eis meu céu a mim !

Exibições: 105

Comentar

Você precisa ser um membro de Ave Luz para adicionar comentários!

Entrar em Ave Luz

Comentário de Silvio Henrique Macedo Oliveira em 17 fevereiro 2014 às 13:54

Regina Sylvia, eis mais uma poesia da carmelita SANTA TERESINHA

DO MENINO-JESUS como um presente de aniversário. o Silvio

© 2020   Criado por Regina Maria.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço