Ave Luz

Alegra-te cheia de graça!

O céu fala aqueles que estão fora da Igreja

9 de Dezembro de 2006


Jesus


Eu chamo todos os que abandonaram a Minha Igreja. Digo-vos, voltai. Voltai para a segurança

do caminho sacramental. Será melhor para vós, e Eu só quero o que é melhor para vós. Tende a certeza do Meu bom acolhimento. Tende a certeza de que Eu quero que regresseis. Não penseis que não sois bem
acolhidos na vossa fé. Como é que isso poderia ser, se sou Eu, Jesus, que vos estou a chamar?
A Minha Igreja na terra representa-Me. É a Minha Igreja, e ela pertence-Me. Quando as pessoas da Minha Igreja Me representam adequadamente, sentis-vos acarinhados. Eu quero recolocar-vos na vossa Igreja e quero restaurar a vossa Igreja para vós.

Vês, Meu amigo, é melhor para ti, tendo em atenção o teu chamamento para a santidade, que continues no caminho que é protegido pela Minha Igreja na terra. Tenho tantas formas de te ajudar se seguires a tua fé dentro da proteção da Minha Igreja. A Minha Igreja sofreu, é verdade. A Minha Igreja continua a sofrer.
Parte da razão pela qual a Minha Igreja está a sofrer, é porque tu estás afastado dela.
A Minha Igreja precisa de ti. A Minha Igreja quer-te. Tu tens de regressar.
Querido filho, Eu estou a pedir-te, na verdade estou a implorar-te que penses nas tuas circunstâncias. Se existem razões que te inibem a um regresso total aos sacramentos, peço-te que discutas estas razões com um dos Meus padres. Eu protegerei o teu desejo de regressar aos sacramentos. Não vou reduzir os padrões da Minha Igreja por causa das tuas circunstâncias, mas vou ajudar- te a adaptar as tuas circunstâncias a esses padrões.

“O que é que Jesus está a dizer?”, perguntas-te. Deixa-Me ser mais claro.

Este tempo na terra é um tempo em que muitos se comprometeram de tal forma com determinados padrões de comportamento, que esses padrões tornaram-se a própria regra.
Eu não posso, nem vou aceitar isto. Não o aceito. Se o aceitasse, teria de mudar todo o Céu e todos aqueles que serviram em tempos antes de ti. Eu teria ainda de pôr em perigo o futuro de todos os que virão depois de ti.
Meu amigo, ouve-Me. Ouve as Minhas palavras, porque as Minhas palavras são a verdade.
Rejeita a rebeldia do Meu inimigo. Aceita que és chamado a seguir-Me e põe o teu comportamento de acordo com os Meus padrões. Eu vou ajudar-te. Serás bem-vindo no Céu, se aceitares que Eu sou Deus. Claro que terás de aceitar que Eu sou Deus para ganhares o Céu. Não aceitarás agora este facto, antes de o teu tempo na terra acabar?
Não queres voltar para Mim já, tendo em conta que é o que esperas fazer por último?
O Meu coração anseia pela tua paz.
Eu vejo tudo. Se foste ferido por aqueles que se arrogam representar a Minha Igreja, mas que falharam, Eu curar-te-ei. Não uses este sofrimento como razão para te afastares de tudo o que Eu te ofereço através da Minha Igreja. Isto levou-te pelo caminho errado, e outros vão atrás de ti. Peço-te, vem para a Minha Igreja. No fundo, ela pertence-Me. Tu és bem-vindo independente dos teus pecados.

POR Away from the Church cover

http://directionforourtimes.com/wp-content/uploads/2013/04/POR-Away...

Sobre Anne, a apóstola leiga:

Anne trabalha dentro do magistério da Igreja e em completa obediência ao seu bispo local. Nada que  Anne escreve é publicado sem a permissão de seu bispo ou do representante designado por ele.

O Bispo Leo O’Reilly da Diocese de Kilmore, na Irlanda, designou um Diretor Espiritual para se dedicar plenamente ao trabalho junto com Direction For Our Times. Todos os escritos de Anne foram submetidos ao bispo e ele deu a permissão para as publicações. Além da permissão para publicação, o bispo submeteu os escritos à Congregação para a Doutrina da Fé.  Em relação aos escritos de  Anne e a organização Direction For Our Times o bispo  emitiu uma carta que expressa:

 A quem Interessar possa:

Orientações para Nossos Tempos (DFOT) é um movimento religioso fundado por “Anne,”uma apóstola leiga de nossa diocese que deseja permanecer anônima. O movimento está na sua infância  e ainda não tem status canônico. Eu pedi a um sacerdote da diocese, Frei Darragh Connolly, para acompanhar o trabalho do movimento e assegurar que, em todos os seus trabalhos e publicações, ele permaneça firmemente dentro dos ensinamentos e práticas da Igreja Católica.

Conheci “Anne,”a fundadora do movimento, por vários anos. Ela é uma católica com boa fama na diocese, uma esposa e mãe de várias crianças pequenas, uma mulher de espiritualidade profunda. Desde o início  ela fez questão de que tudo que esteja relacionado com o movimento esteja sujeito à Igreja. Ela submeteu todos os seus escritos a mim e não publicará nada sem minha permissão. Ela submeteu  os seus escritos à Congregação para a Doutrina da Fé e eu também o fiz.

No meu julgamento, ela é ortodoxa em seus escritos e ensinamentos. Sua espiritualidade e o caminho espiritual que ela propõe àqueles que desejam aceitá-lo estão em conformidade com os ensinamentos da Igreja e dos maiores escritores espirituais do passado e do presente.

+Leo O'Reilly
Bispo  de Kilmore
16 de junho de 2006     

Exibições: 298

Comentar

Você precisa ser um membro de Ave Luz para adicionar comentários!

Entrar em Ave Luz

Comentário de Elizabeth Pereira Teles em 14 agosto 2014 às 21:31

Obrigada, ouvindo uma terapeuta familiar que diz; se tens uma religião e participas da santa missa, participa das obras de sua comunidade,estas presente na eucaristia dominical, metade dos seus problema estão resolvidos pela graça de Deus e Nossa Senhora.

Comentário de Roseane Valle em 14 agosto 2014 às 6:27

Grata!

Comentário de Maria Manuela em 13 agosto 2014 às 17:52

Obrigada,Regina!
Jesus, mais uma vez, mostra a sua humildade... por isso, façamos a Sua Santa vontade!
Paz e Luz...

Comentário de Juli em 13 agosto 2014 às 17:17

Comentário de Sueli Alves Leite Fernandes em 13 agosto 2014 às 14:13

Digo o meu SIM a JESUS, deixo que ELE possas agir, conforme a tua Santa Vontade.

Comentário de Aline da Ross Santos em 13 agosto 2014 às 13:16

É QUASE INACREDITÁVEL QUE O PRÓPRIO DEUS SE FAÇA TÃO ACESSÍVEL, CUIDADOSO, HUMILDE...COMO NÃO ATENDER A  UM APELO TÃO CARINHOSO DE UM PAI PREOCUPADO APENAS COM NOSSO BEM? QUAIS AS DESCULPAS QUE IREMOS DAR PARA PRORROGARMOS ESTE ENCONTRO TÃO ENCANTADOR? EU RESPONDO AO TEU CHAMADO DE PAI! TENS O MEU SIM! QUANTO AO SENHOR, NÃO GANHASTE COMIGO GRANDE COISA, MAS QUANTO A MIM, GANHEI A VIDA ETERNA!!   

Comentário de Roberto Ferraz Silveira Junior em 13 agosto 2014 às 7:24

Muito Obrigado!

© 2020   Criado por Regina Maria.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço