Ave Luz

Alegra-te cheia de graça!

Deus ao criar, escrever e fazer a historia, Jamais deixou de falar das santas, Valentes e sábias mulheres, Que em todas as gerações, Ficariam na memória! O povo de Deus rezava... Lutava e também sofria, mas te procurava Maria! Em Ana que tinha fé, (1 Samuel cap. 02, v 01 ao 11) Na valente Judith, (Judith 13, v 23 ao 25 / cap. 16, v 1 ao 25) Na encantadora Éster! (Éster cap. 07, v 01 aos 04 / cap. 2, v 12 aos 18). Única a Deus tu já eras... Esmagadora do mal, e o sustentáculo da fé, Que em horas, de angustia, e tristeza, estaria sempre de pé! Pra humanidade, Foi um sinal, uma porta, E ao profeta a nuvenzinha, do Carmelo a brisa... E a, mais bela das rainhas! Profetizado por Isaias ( “ Is 07, v14 ” ) O único sinal que Deus daria! Mas o povo do ontem e hoje, não creram que o sinal, Além de Jesus, também Eras tu Maria! A virgem que geraria, pois virgem conceberia, E virgem permaneceria! O povo por Deus criado, separado e santo, Mas pecador, e mal agradecido... Não entenderam o aviso do profeta! Que entre a mãe e o filho o poder de Deus e que em ti faria: “O leite e o mel ” alimento e toda graça, terra bendita e abençoada, Preparada pra ser o aconchego morada, o remédio e a vacina, Que o menino Deus tomaria! E, nesta profecia Maria, o pai que tudo conhece, sabe... Já te havias formado, para ser a mãe um dia, do único filho querido, Que com ele vivia, no seio da eternidade! Magnífica, ES tu Maria! Mistério de amor e bondade, porque é parte da verdade que o mundo jamais sonhou! Pois nosso pai das alturas, em “ te ” a nós se inclinou! E o mistério rompeu barreiras, cruzou o tempo e o espaço. Limitou-se nove meses, em teu ventre, prisioneiro e escravo. De teus desejos e tuas vontades! Deus que é trino, onisciente, onipotente e onipresente, que a tudo reluz e encanta... “Uniu em ti Maria o céu e a terra ”Fazendo em teu ventre o paraíso celeste, e a cidade santa! Duvidar de sua pureza, e inadmissível, pra Deus nada é impossível. (Luc 01, v 35) Tu és a porta, que Ezequiel sonhou (Ezequiel 44, v 02) Onde Deus abriu e entrou, mas que saiu e fechou e homem nenhum passou! És como a Sarça no deserto, que aos olhos de Moisés fogo pegava. Mas não se consumia enquanto queimava! (Êxodo cap. 03, v 01 aos 06) Por isto por todas as gerações e as raças, Será tu Maria cheia de graça! Entre todas á única bem aventurada!

Obs.: reflexões poéticas após ler e meditar muitos livros espirituais... Entre eles: O catecismo da igreja católica Bíblia sagrada. O príncipe operário/ou vida de são Jose do Padre Raimundo Conceição Pombo Moreira da Cruz. Documentos pontifícios 214 pontífice João Paulo II. Carta encíclica sobre a bem – Aventurada Virgem Maria na vida da igreja que esta a caminho. Também obtive conhecimentos através da Escola Paulo apostolo, palestras com padre Paulo Ricardo, saudoso Padre Firmo e seminários da RCC Com Padre Jonas Abibi, também nos retiros marianos com o saudoso padre Nazareno, que foi meu diretor espiritual quem tive a graça de conhecer e de ser uma de suas ovelhinhas.

Exibições: 65

Comentar

Você precisa ser um membro de Ave Luz para adicionar comentários!

Entrar em Ave Luz

© 2019   Criado por Regina Maria.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço