Ave Luz

Alegra-te cheia de graça!

poesia de SANTA TERESINHA DO MENINO-JESUS

(João, 14, 23-27 ; 15, 9)

No sarau de amor, falando sem parábola,

JESUS dizia: " Se alguém quer me amar,

" Que fielmente guarde minha palavra.

" Meu Pai e eu viremos visitá-lo;

" E, de seu CORAÇÃO, fazendo nossa morada,

" Nosso palácio, nossa casa viva,

" Cheio de paz, nós queremos que ele permaneça

" Em nosso amor. "

Viver de amor, é guardar a ti-mesmo,

Verbo incriado ! Palavra de meu Deus !

Ah ! tu o sabes, divino JESUS, eu te amo !

O Espírito de amor me incendeia de seu fogo.

É te amando que eu atraio o Pai,

O anseio de meu coração o guarda para sempre;

Ó Trindade ! vós sois prisioneira

De meu amor.

[ ... ... ]

Viver de amor, é enxugar tua Face,

É obter o perdão dos pecadores.

Ó Deus de amor ! que eles entrem em tua graça,

E que para sempre abençoem teu Nome !

Até em meu coração ressoa a blasfêmia;

Para apagá-la eu repito cada dia:

Ó Nome sagrado ! eu te adoro e eu te amo,

Eu vivo de amor !

[ ... ... ]

Morrer de amor, eis minha esperança !

Quando eu verei se soltarem meus vínculos,

Meu Deus será minha grande recompensa;

Eu não quero mais possuir outros bens.

De seu amor eu estou apaixonada;

Que ele venha enfim me incendiar para sempre !

Eis meu céu, eis meu destino :

VIVER DE AMOR ! ...

Exibições: 78

Comentar

Você precisa ser um membro de Ave Luz para adicionar comentários!

Entrar em Ave Luz

© 2020   Criado por Regina Maria.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço